15 setembro 2016

Status do CAR - Últimos Updates

ATUALIZAÇÕES MAIS RECENTES....


31 AGOSTO 2016 - 97.3% cadastrado
  • Até 31 de Agosto 2016, 97.3% da área cadastrável já havia sido incluída na base, totalizando 397.5 milhões de ha e 3.74 milhões de propriedades. Confira o Relatório

31 JULHO 2016 - 96.4% cadastrado

  • Até 31 de Julho 2016, 96.4% da área cadastrável já havia sido incluída na base, totalizando 387.8 milhões de ha. Confira o Relatório

________________________________________________________________________
30 JUNHO 2016 - 94.8% cadastrado
  • Até 30 de junho de 2016, já foram cadastrados, 3,61 milhões de imóveis rurais, totalizando uma área de 377.123.434 hectares inseridos na base de dados do sistema. Confira o boletim na íntegra
________________________________________________________________________
06 MAIO 2016 - 81.7% cadastrado
________________________________________________________________________

TÓPICOS RELACIONADOS:

02 setembro 2016

Recebi um mapa em DWG e não está projetado. E agora? Como descobrir o datum e projeção originais?

Estas perguntas estão entre as mais comuns e graves enfrentadas por quem ainda teima em utilizar AutoCad para fazer mapas (sim, é uma crítica). A seguir descrevemos algumas dicas que podem ajudá-lo a "salvar" seu projeto descobrindo o sistema original utilizado no desenho do mapa:

Primeiro devemos assumir que o arquivo dwg esteja sendo aberto no ArcGIS, já que dwg é arquivo de Autocad. Se for AutoCadMap tudo bem, mas se for AutoCad comum não é GIS ou SIG.

Verifique se as coordenadas mostradas fazem algum sentido, como neste caso:
Se as coordenadas não tiverem nenhuma lógica é possível que o mapa tenha sido feito sem ao menos utilizar um sistema de coordenadas de referência. Se for o caso é o fim de linha. Precisará georeferenciar o shapefile usando spatial adjustment (avançado)

Geralmente os mapas feitos em Autocad possuem escrito em caixas de texto qual o sistema de coordenadas, projeção e datum usado na confecção. Procure abrir o arquivo e procurar por estas referências, do contrário será difícil saber ao certo, a menos que conheça a pessoa que elaborou o arquivo. 
Clique para ampliar
Caso não descubra nenhuma pista, faça algumas cópias deste arquivo e tente projetar (define projection - imagem ao lado) para os sistemas mais comuns tipo SAD69, Sirgas2000 e WGS84. As chances de ser um deste são grandes para o caso do Brasil. Se a referência for UTM precisará saber qual o fuso também. Baixe o shapefile de fusos UTM e veja em qual fuso que o mapa se encontra com as informações de localização básicas que você tenha.
Rode o define projections utilizando estas opções mais comuns. Para verificar se a projeção aplicada está "correta" adicione um basemap de imagem, de preferencia o ESRI Imagery (WGS84) e verifique se as linhas e polígonos estão "batendo" com a imagem.

Se nada conseguir envie para o email gigagis@outlook.com.br que talvez possamos ajudar.

TÓPICOS RELACIONADOS

01 setembro 2016

Descobrir qual Datum e Projeção de seus dados espaciais

Como descobrir qual o datum e projeção de um arquivo shapefile, por exemplo, que recebeste por email de um colega para trabalhar ou mesmo que tenha baixado de algum site como o nosso?

Clique para ampliar
Para responder esta pergunta podemos utilizar basicamente quatro métodos diferentes:
  • 1) ArcGIS: Adicionando este arquivo como uma layer no ArcGIS, clique com o direito do mouse, vá na opção Properties. Na aba Source você terá a informação da extensão do arquivo, o que muitos chamam de coordenadas do retângulo envolvente e também o que você busca, a Projeção e o Datum do arquivo. Veja:

Clique para ampliar

  • 2) QGIS: No QGIS, adicione o layer, clique com o direito e vá em propriedades também. Vá na aba Metadados e no campo Properties. Role até aparecer a sessão "Layer Spatial Reference System". Veja:


  • 3) Arquivo: Se seus conhecimentos forem um pouco mais avançados, poderá abrir o arquivo com extensão prj de seu arquivo shapefile no notepad (bloco de notas). Basicamente só funciona com shapefiles. Lá estará descrito os parâmetros de projeção que seu software GIS usará para projetar os dados. Veja:
Clique para ampliar
  • 4) Website: O último metodo consiste em carregar o arquivo PRJ já falado acima no seguinte website: http://prj2epsg.org/search. O script neste site analisará o arquivo e lhe dirá qual o sistema de coordenada utilizado, isto nos formatos EPSG oficiais. 

Espero que isto lhe ajude a decifrar em qual projeção e datum seus dados estão atualmente.


TÓPICOS RELACIONADOS

18 agosto 2016

Classificação de Imagens no QGIS

O Plugin SCP (Semi-Automatic Classification Plugin) foi desenvolvido para o QGIS e possibilita a classificação pixel a pixel semi-automática ou supervisionada de imagens de satélite diversos, dentre eles os Landsat, GeoEye, RapidEye, Quickbird, etc...

  • Para Instalar o plugin, vá no menu Plugins>Manage and Install Plugins
  • Na caixa de procura, digite :Semi-Automatic Classification
  • Selecione e clique em Install Plugin.
Com o plugin instalado, basta abrir a ferramenta, adicionar suas imagens, aplicar correção atmosférica se necessário, recortar área de interesse, compor as bandas, definir as categorias (e amostras se for supervisionado) e efetuar a classificação em si. Complicado? Muitos passos? Não se preocupe, o blog qgisbrasil.org elaborou um super tutorial com cada passo. Confira no link abaixo



TÓPICOS RELACIONADOS

17 agosto 2016

Passo a Passo: Classificador de imagens do ArcGIS PRO 1.3

Fonte: blogs.esri.com
A classificação de imagens é a tarefa de extrair as classes de informação a partir de uma imagem (raster). Os resultados de uma classificação de imagem pode ser usado para criar mapas temáticos, analisar uso e ocupação do solo, analisar relações espaciais e muito mais. Por exemplo, se você tem imagens aéreas de alguma area que inclui campos agrícolas, floresta, lagoas, e uma cidade, você pode atribuir um intervalo de valores de pixel para cada um destes tipos de cobertura do solo, classificar as imagens aéreas, e criar uma série de mapas que visualizar a mudança de cobertura do solo ao longo do tempo.
Pensando em facilitar a vida de quem trabalha com isto, a ESRI criou no ArcGIS PRO o Image Classification Wizard.
Veja no link abaixo o passo a passo e melhores práticas de como classificar uma imagem no novíssimo ArcGIS PRO 1.3.
Clique aqui para abrir o passo a passo (inglês)


TÓPICOS RELACIONADOS

11 agosto 2016

Você conhece o site www.qualp.com.br ?

fonte: qualp.com.br
Planejar uma viagem e calcular os gastos pode dar muita dor de cabeça se as contas não baterem. Pensando nisso o "qualp" foi desenvolvido. Trata-se de um aplicativo/site que calcula os gastos de uma viajem incluindo os custos dos pedágios. Com uma interface simples e inovadora, a promessa é poupar seu tempo e dinheiro.

Funções:

  • Monte a rota, informando a origem, os destinos e os valores para o combustível.
  • Descubra qual a distância, o tempo e o gasto com combustível estimados para percorre-la. 
  • Saiba quantos existem, suas localizações e os preços dos pedágios dentro de sua rota. 

Acesso: http://www.qualp.com.br 
Contato com os criadores do serviço: contato@qualp.com.br


TÓPICOS RELACIONADOS

27 julho 2016

Nova versão do QGIS está disponivel !

Uma nova versão do QGIS está disponível para download no site oficial.
O QGIS 2.16 - Nødebo liberado em 8 de Julho 2016 não é uma versão de longa duração (LTR) mas sim uma versão intermediária com muitas novas funções disponíveis. Veja a lista completa neste link


TÓPICOS RELACIONADOS

08 julho 2016

ArcGIS PRO 1.3 liberado pela ESRI

07/Julho/2016: ArcGIS PRO 1.3 liberado pela ESRI
Dentre as novidades estão suporte a layers kml, topologia de geodatabase, localizar feições, wizard para classificação de imagens, dentre outros.

Confira mais detalhes e instale esta atualização clicando aqui


TÓPICOS RELACIONADOS