03 dezembro 2015

Como definir ou alterar a projeção de um layer no ArcGIS?

Frequentemente arquivos shapefiles disponibilizados na internet ou exportados de softwares CAD, webgis e outros vem sem o arquivo de projeção (.prj). Quando isto acontece e recebemos o aviso do ArcGIS, precisamos rodar uma ferramenta no ArcGIS para definir a projeção deste e criar o arquivo prj associado.

Muito importante neste processo é saber a projeção e datum originais dos dados. Se os dados estão ou foram gerados em UTM não funcionará se você definir uma projeção tipo geográfica em um datum diferente por exemplo.



1) Para verificar o sistema de coordenada de um layer, clique com direito, properties e vá na aba source, no quadro Data Source verá o sistema de coordenadas escrito ou < Undefined> caso não haja arquivo prj. Arquivos extensão PRJ contém dados de projeção e datum (pode-se abrir estes arquivos com o bloco de notas)


Obs: Tente descobrir onde seus dados estão e qual o fuso UTM com ajuda deste grid UTM, clique aqui
2) Supondo que você saiba a projeção e datum originais (senão souber consulte sua fonte de dados ou use tentativa e erro), rode a ferramenta DEFINE PROJECTION que se encontra em ArcToolBox > Data Management Tools > Projections and Transformations. 
Na tela aparecem dois campos, no primeiro selecionará o layer e no segundo escolherá a projeção a ser definida. Se seus dados não se ajustarem, apague o arquivo .prj que a ferramenta gerar e tente novamente com outro datum/projeção.

PARA ALTERAR UMA PROJEÇÃO DIRETAMENTE NO ARCMAP...



  • Abra uma nova sessão do ArcMap;
  • Setar o data frame para a projeção que deseja para o shp; 
  • Só então adicione o shp a sessão, selecionando a transformação correspondente neste momento;
  • Pronto. Agora exporte o shp tomando o cuidado de selecionar pra exportar com a projeção do data frame (radiobox) - veja ao lado. 



SE O PROBLEMA FOR O FORMATO DAS COORDENADAS MOSTRADAS...

  • As coordenadas mostradas no rodapé do ArcMap não são inteiramente dependentes da sua projeção. Você pode alterar só o formato de exibição indo no menu View> Data Frame properties e alterar as unidades de display (Units Display) como mostrado ao lado --->









TÓPICOS RELACIONADOS

54 comentários:

  1. Excelente! Já estou "fuçando" os outros videos do canal UTMLibrary!

    ResponderExcluir
  2. Olá, estou com um problema, minha shape esta em um sistema de coordenadas e quando uso a ferramenta project os pontos sao projetados exatamente em cima dos antigos.
    Para criar essa shape usei uma tabela excel com as coordenadas em UTM.
    Pode me ajudar??
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Karol, então, se você está apenas mudando o sistema de coordenadas com certeza deverá cair onde estavam os pontos antigos. Veja bem o ArcGIS só trabalha com um sistema de coordenadas e datum por vez. Se vc abrir um novo projeto e adicionar um shp, o projeto já assume o sistema de coord. e o datum daquele shp. Se vc adicionar outro shp com projeção ou datum diferente, ele pedirá os parametros de conversão para o datum do projeto e o transformará "on the fly" como se chama e mostrará os pontos no mesmo local (se for o mesmo shp).
    Voce deve estar confundindo sistema de coordenadas com DATUM. Se reprojetar para um datum diferente, aí sim ele não fica no mesmo local, mas não tem como ver isso no arcgis pois como falei ele reprojeta para a projeção do projeto. A única forma de ver é pegando as coordenadas de cada ponto novamente e verás que são diferentes. Se não entender direito sugiro ler este link: http://mundogeo.com/blog/2013/06/05/coordenadas-topograficas-x-coordenadas-utm/

    ResponderExcluir
  4. Oi, minha grande dúvida é entender o processo de escala entre os shapes. Quando eu sei que posso extrair uma informação por meio do "clip" para um outro mapa? Como saber se as diferentes escalas entre dois mapas, podem ser usadas para formar um novo shape.
    Como eu sei que um shape de uma area ao ser projetado sobre a area do municipio, ele corresponde exatamente aquela area do municipio.

    Eu não consigo entender esse processo de escala entre os shapes.
    Se puder clarear minhas ideias, indicar videos, tutoriais, agradeço imensamente.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Prezada Elfany,
    Sua pergunta é um pouco difícil de entender. Primeiramente Não existe uma "escala do shapefile", o que existe é uma qualidade dos dados que o tornará compatível com determinadas escalas. Se puder nos explicar melhor exatamente o que está tentando fazer talvéz seja mais fácil entender sua dúvida. Estamos a disposição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,boa noite !!
      Minha dúvida e semelhante a elfany.Creiei um shape de um município, mas os dados que pretendo inserir são de uma escala estadual.Quando seleciono a opção exportar shape criado do município,a partir do shape dos estado ele só exporta a base cartográfica,Como posso inserir os dados na base cartográfica?

      Excluir
    2. Prezada Cida, se puder me enviar seus dados no inbox (gigagis@outlook.com.br) talvés eu possa te ajudar. Se puder explique detalhadamente o que está tentando fazer, citando nomes dos arquivos e campos do att table. abcs

      Excluir
  6. Joabel, por gentileza, gostaria de saber porque quando exportamos um shapefile para KMZ, ele cai a uma distância de quase 70 metros de diferença no Google Earth. O Meu shapefile exportado para KMZ estava em SAD6923S.
    Poderia me ajudar? Obrigada

    ResponderExcluir
  7. Anonimo, você precisa transformar seu shapefile para WGS84 geográfica
    Este é o datum que o Google Earth utiliza. Se não fizer isto não vai ficar correto e terá este deslocamento.

    ResponderExcluir
  8. Olá Joabel, estou tentando mudar a projeção e as coordenadas de um shape, e estou fazendo todo o procedimento do vídeo acima, mas quando vou alterar as coordenadas, em input eu seleciono o shape e todos outros campos são preenchidos, aí eu seleciono as coordenadas (UTM) SAD 69, Z 24 S e clico em ok, aí aparece uma mensagem dizendo que o localizador (output dataset) não existe, e eu já tentei salvar em outros locais e o mesmo problema persiste. Você saberia me explicar o que está dando errado? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, na maioria das vezes isso é devido ao caminho de dados de entrada que está sendo digitado incorretamente, como nas seguintes situações:
      • nomes de pastas com erros ortográficos ou acentos
      • Usando barras invertidas em vez de barras normais
      • Ter espaços nos nomes de caminho ou arquivo ou nome do arquivo com mais de 8 caracteres.

      Veja mais em
      http://support.esri.com/es/knowledgebase/techarticles/detail/35151

      Excluir
    2. Quando exporto um arquivo do arcgis para o autocad, o arquivo abre como se estivesse nas coordenadas geográficas, portanto fora das coordenadas reais que devia estar no autocad. Como exporto um arquivo que no Argis esta em coordenadas geográficas para que abra no cad em metro(UTM)?
      oBRIGADA

      Excluir
    3. No ArcGIS, precisa antes usar a ferramenta PROJECT definindo a cordenadas Output como UTM. Precisa saber exatamente em que fuso, mc e datum seus dados estão para fazer isso com acerto. Pesquisa um pouco se não souber sobre datuns e sist de projecao pois nao é algo que se aprenda da noite pro dia infelizmente...qq coisa me envie por email q converto pra vc (se souber qual projecao e duso UTM estão)

      Excluir
  9. Olá, estou com um problema relativamente ao sistema de coordenadas.
    Tenho um ficheiro .dwg com sistema de coordenadas não definido/desconhecido. Como posso saber qual o o sistema?
    Já fui às propriedades das layers mas na tab "Source" tenho valores assim:
    Left: -325,55 ??
    Richt: 632001,77 ??
    Top: 900000 ??
    Bottom: -377,16 ??


    Nao sei se isto é metros ou sei lá o que...

    Alguém me pode ajudar??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixi, essa é dificil. Primeiro estou assumindo que o DWG vc esteja abrindo no ArcGIS já que dwg é arquivo de autocad e se não for autocad map não é GIS.
      Geralmente os mapas feitos em autocad possuem escrito em texto qual a projeção e datum usado. Procure abrir ele e procurar isto. Do contrário será dificil saber a menos que conheça quem fez o arquivo. Tente projetar para os sistemas mais comuns tipo SAD69, Sirgas2k ou WGS84. As chances de ser um deste são grandes. Para ter certeza que está certo sobreponha a um basemap de imagem. Se nada conseguir me envie por email gigagis@outlook.com.br

      Excluir
    2. Muito obrigada pela ajuda, após alguma pesquisa acho que descobri o sistema de coordenadas do meu ficheiro. Penso ser o GCS_Datum_Lisboa_Hayford. Agora quero converter estas coordenadas em WGS84. Como o posso fazer? E é possivel fazer tendo este formato .dwg?

      Eu nao consegui, o que fiz foi criar uma geodatabase e uma feature dataset para onde importei as feature classes do ficheiro .dwg
      No entanto, este método fez-me perder elementos do dwg. Por exemplo, na feature class polyline tinha linhas com várias cores e agora apresentam-se todas da mesma cor.

      Desculpe-me a ignorância mas a minha experiência em arcgis é pouca

      Excluir
    3. Realmente voce vai perder pois DWG não é um formato GIS e sim um formato de desenho. Vc consegue transformar de um datum para outro sim, basta usar a ferramenta Project (Data Management).
      http://resources.arcgis.com/en/help/main/10.1/index.html#//00170000007m000000

      Excluir
    4. Muito obrigada pela ajuda, já consegui!

      Excluir
  10. Boa noite galera. Baixei e instalei o Arcgis 10.1 no meu computador e copie todos os arquivos do notbook também, mas quando vou add date sinaliza esta mensagem: error opening feature class. o que quer dizer isto, por que será que não consigo trabalhar com o Arcmap? Alguém disposto a mim ajudar, ficarei muito grato. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto acontece quando tenta adicionar qual tipo de dado?? Tentou com outros shapefiles ou geodatabases? Sua versão é oficial? nos fale mais por favor senao fica dificil ajudar

      Excluir
  11. O vídeo funcionou direitinho. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adicione um novo grid em data frame properties e ao invés de selecionar um "measured grid", escolha um "Gratitude" ..aí é só clicar Next Next e pronto

      Excluir
  13. Como faço para transformar raster wgs84 para sirgas 2000?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi. veja os parametros neste post
      http://www.forest-gis.com/2011/03/parametros-de-transformacao-de.html

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Então, os parametros eu tenho, mas nao sei o procedimento para reprojetar raster no arcgis.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tlvz este video te ajude
      https://www.youtube.com/watch?v=FysyWzwPI1U

      Excluir
  16. Ao adicionar no ArcGIS 10.o0 não consigo visualizar o raster juntamente com os shape. Quando aparece os shape, não aparece o raster e vice e versa. Só consigo ver o raster ou o shape ao dá um "zoom to layer."
    A escala em que o shape aparece é 1:997.661 e a do raster é 1:8,85.
    Achei que fosse problema em relação ao sistema de coordenadas, porém os shapes e o raster estão na mesma projeção do projeto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por favor me envie os arquivos ou links deles para analise no gigagis@outlook.com.br
      abcs

      Excluir
    2. Olá Anderson, descobriu a solução para seu problema? estou com a mesma dificuldade. Os shapes não estão se sobrepondo, estão aparecendo em outro lugar, só consigo visualizar se der um "zoom to layer". O que poderia ser Joabel?

      Excluir
    3. Luiza, certamente os dois shapefiles nao estao na mesma projecao ou um deles está sem projecao (deve receber um alerta ao adicionar eles no ArcGIS). Se continuar com este problema me envie os arquivos por email gigagis@outlook.com.br que eu dou uma olhada pra vc.abcs

      Excluir
    4. E como resolvo isto?
      Obrigada pela atenção.

      Excluir
    5. Atualizei o post para incluir mais detalhes de como fazer isto.

      Excluir
  17. Por favor, nos tire uma dúvida.

    Tenho pontos com coordenadas planas UTM-SAD69 Zona 24S (MC -39) só que o meridiano central foi estendido para -38 ... então na prática seria UTM SAD69 Zona 24S MC: -38.

    Gostaria converter as planas para geográficas e reprojetar para WGS84.

    Qual o procedimento correto:

    1) De UTM SAD69 Zona 24S MC: -38 para UTM WGS84 Zona 24S MC:-38 (usando os parametros dX, dY, dZ do IBGE) e dai para GCS WGS84 ou;

    2) De UTM SAD69 Zona 24S MC: -38 para GCS SAD69 e dai para GCS WGS84 (usando os parametros dX, dY, dZ do IBGE)

    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julio, como assim MC estendido para -38 ? Isto me parece gambiarra. Tente o procedimento mas o correto a fazer é coletar as coordenadas em sistema geográfico e depois converter para UTM de acordo com fuso e mc.

      Excluir
  18. Me tira uma dúvida, por favor.

    Tenho um shape de um local com o sistema de coordenadas sirgas 2000.
    E também tenho pontos que representam componentes hidráulicos de uma rede de distribuição de água, sirgas 2000.
    E a curva de nível do local a cada 5m


    Eu queria relacionar a curva de nível com o ponto, por exemplo se ele estiver em um local da curva de nível que representa 1030m, adicionar essa informação dentro da tabela de atributos do ponto.

    É possível ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, é possivel utilizar ferramentas como spatial join ou intersect se os pontos forem tocantes as linhas. Caso nao forem talvez tenha que gerar um modelo digital de terreno para obter a altitude que cada ponto está usando Extract Values to Points do spatial analyst

      Excluir
  19. Criei uma shape usando coordenadas em graus decimais no sistema WGS 84, agora preciso converter minha shape para Lambert pois é a projeção do meu sistema. Porém não consigo fazer isso usando esse tutorial. Poderia me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples Wesley. Abra uma nova sessao do ArcMap, sete o data frame pra Lambert e só entao adicione o shp, selecionando a transformacao corresponte...pronto..agora exporte o shp tomando o cuidado de selecionar pra exportar com a projecao do data frame (checkbox). Se nao conseguir me mande por email gigagis@outlook.com.br informando qual das lambert vc usa.

      Excluir
  20. Fiquei com dúvida.. caso eu não saiba a projeção e datum originais eu terei que ficar tentando todas as opçoes de projeção ate encontrar a correta?? não tem outro jeito de trabalhar a informação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se alguém souber outro método ficarei feliz em aprender.
      Primeiramente nunca poderia se trabalhar sem saber estes dados básicos como projeção e datum. Sem isso não se coleta dados georeferenciados e não se tem um mapa.
      Com o tempo, sobrepondo com basemaps de imagem é possível ter um "feeling" sobre qual datum usado. No Brasil são poucas opções (Sirgas, WGS84, Sad69, corrego alegre, etc) então não sao muitos a testar. Agora se for UTM é um pouquinho mais dificil.

      Excluir
  21. Você diz que UTM é mais difícil por conta da zona? Estava pensando nisso quando tentei definir a projeção de um shp que abrangia todo o país, aí fiquei pensando que não poderia projetar um zona específica, nesse caso eu definiria a projeção só pela opção do sistema de coordenadas geográficas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Uma base de dados única que abranja todo o país não se pode usar UTM a menos que divida a base. Sempre usar S.C. geográficas para isto.

      Excluir
    2. Muito obrigada Joabel! São dúvidas simples, mas que confudem bastante. Foi bem esclarecedor!

      Excluir
  22. Boa tarde, estou com um arquivo na versão ArcMap 10.1, porém preciso abri-lo em outra máquina e nela a versão disponível é a 10. Como ocorre a conversão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No computador com a versão 10.1, vá no menu File>Save A Copy...
      escolha em save as type para salvar na versão 10.0 mxd document.
      Veja aqui mais detalhes de como fazer
      http://www.forest-gis.com/2016/06/abrir-arquivos-do-arcmap-mais-atual-em.html

      Excluir
  23. olá, estou utilizando a ferramenta zonal geometric as table para calcular a área em um raster. e para isso estou clipando as áreas com um arquivo shapefile para delimiatar as áreas a serem calculadas. mas percebi que o shape está em um tamanho diferente do raster. Está menor. e algumas áreas do shape acaba ficando fora do raster e não pode ser clipada. Gostaria de saber o que pode está causando esta diferença de tamanho. e como poderia resolver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dificil dizer algo sem ver os dados Bárbara. Tem como me enviar? gigagis@outlook.com.br

      Excluir
  24. EU TENHO DUAS CARTAS .dgn. do IBGE, e não estou conseguindo projetar na mesma malha de 1.100000, pois uma ta num fuso o 23 e a outra no 24, e quando eu mudo o fuso de um leyer ou outro desconfigura.. não sei como resolver este problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recando, não é possivel projetar no MESMO MAPA dois fusos UTMs diferentes. Ou voce projeta cada um e trabalha em dois diferentes projetos ou usa GCS (projecao geográfica) para gerar o mapa ai sim sendo possível trabalhar com as duas cartas no mesmo mapa.

      Excluir
  25. Boa tarde. Minha dúvida é a seguinte.
    quando pego uma imagem e georreferincio ela no arc map e depois coloco um modelo de elevação sobreposto. As curvas do modelo ficam muito distantes da realidade do terreno.
    O que pode ser.
    Outra dúvida é que o arc map so fica em decimal degress como fazer para mudar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, quanto a sua primeira pergunta, fica um pouco dificil falar sem ver os dados. Geralmente não deveriam ficar tão "distantes"...(me envie os dados se quiser uma opinião mais acurada, via gigagis@outlook.com.br)

      Quanto a dúvida das unidades, acabei de incrementar o post. Na parte final verá como alterar as unidades do display para a qual precisar.

      Excluir

Deixe seu comentário ou pergunta: