Mostrando postagens com marcador MAPA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MAPA. Mostrar todas as postagens

02 fevereiro 2017

O Projeto Atlas transforma plantas baixas em formato de mapa digital.


Você sabia que 90% das construtoras ainda utiliza plantas-baixas em papel?

O Projeto Atlas transforma plantas baixas de casas e prédios em formato de mapa digital. 

Confira em: http://projectatlas.io/



20 dezembro 2016

Radio Garden: Rádios do mundo todo em um globo 3D !

Hoje em dia é muito fácil ouvir rádios do mundo inteiro, visto que a internet trouxe uma forma de transmissão global ampliando e democratizando o acesso. 
Diversas plataformas começaram a ficar disponíveis reunindo um número considerável de emissoras de rádio de todo o planeta, tais como TuneIn e Radios.

Mas um grupo do Instituto Holandês de Som e Imagem montou o projeto Radio Garden, que coloca no mapa estações de rádio streaming do mundo todo.

Ao entrar no site ele reconhece sua localização e busca as estações mais próximas.


Fonte: transnationalradio

Não Encontrou sua Rádio preferida?

Para pedir para adicionar a sua rádio preferida caso ainda não esteja no Radio Garden, envie os dados abaixo em inglês para este e-mail: contact@puckey.studio
Nome da Rádio, Site da Rádio, Link do streaming (MP3, flash não) , Cidade e país da Rádio

02 julho 2015

Como dimensionar feições no ArcGIS ?

Muitos se perguntam se no ArcGIS existe ferramentas de dimensionamento como aquelas do AutoCAD.

Bem, elas existem sim mas não ficam tão explicitamente acessíveis quanto no AutoCAD. É preciso explorar um pouco mais para achá-las e usá-las.

Pois bem, primeiramente é preciso dizer que elas só funcionam em geodatabase e são um tipo especial de feature class de anotações.

Vamos lá:

-Via ArcCatalog, dentro do geodatabase de seu projeto, clique com o direito do mouse sobre o geodatabase ou feature dataset e aponte para New> Feature Class;
-Na Janela New Feature Class, adicione um nome e um alias para a classe de dimensões que está criando.
-Importante: Em Type, selecione DIMENSION FEATURES. Isto dirá ao ArcGIS que este classe conterá as dimensões e não shapes normais;
-Basta prosseguir e finalizar, mas sempre escolha o mesmo sistema de coordenadas que estiver usando no mapa e no geodatabase assim evitará problemas na edição.

-Pronto. Basta adicionar a feature class criada no mapa, iniciar edição e na janela Create Features, na sessão Construction tools (figura abaixo) você encontrará todas as ferramentas para dimensionar, assim como no AutoCad.
 Quer aprender mais? Clique aqui

Gostou? Comente abaixo e Compartilhe nas suas redes sociais de GIS e ajude nosso blog a crescer e disseminar informação útil a todos. !! Obrigado.

TÓPICOS RELACIONADOS:

08 janeiro 2015

Heat Map Gasolina Dez. 2014

Clique para ampliar
ForestGIS - Mapas Temáticos

Preço médio da Gasolina por estado, em dezembro 2014.

Fonte: ANP

24 dezembro 2014

Densidade Populacional no Brasil - Heat Map

ForestGIS -Mapas Temáticos
Heat map da densidade populacional no Brasil
Clique para ampliar

14 outubro 2014

Mapa do Brasil vai mudar !!!

Decisão histórica do STF vai alterar divisas dos estados de TO, PI, BA e GO.

Fonte: estados-brasileiros.info
Delimitação de divisas entre PI, BA, GO e TO deve seguir laudo do Exército
Por unanimidade, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) julgou parcialmente procedentes as Ações Cíveis Originárias (ACOs) 652 e 347 e determinou a fixação das divisas dos Estados de Piauí, Tocantins, Bahia e Goiás de acordo com o laudo elaborado pelo Serviço Geográfico do Exército Brasileiro.
As ações discutem a delimitação de divisas entre os Estados do Piauí e Tocantins (ACO 652) e Bahia e Goiás (ACO 347), extinto o processo nesta ACO em relação aos Estados de Minas Gerais e Tocantins, em razão de conciliação entre as partes.




Fonte:

27 maio 2013

Você conhece o OpenFlights.org ?

Crédito: Michael Markieta, GIS Consultant, Arup. Dados do openflights.org

OpenFlights é uma ferramenta que permite mapear seus vôos ao redor do mundo, buscar e filtrar, calcular estatísticas automaticamente, e compartilhar seus vôos e viagens com amigos e com o mundo inteiro (se você quiser). É também o nome do projeto de código aberto para a construção da ferramenta.


Tendo completado sua fases de teste, o OpenFlights está agora em sua fase Delta: toda a funcionalidade do núcleo estão implementadas, mas o desenvolvimento de novos recursos continua. 
Confira este projeto e como contribuir acessando www.openflights.org

24 maio 2013

As 10 principais novidades do Google Maps 2013

Fonte: gisuser.com

O Novo Google Maps está a caminho (no meu caso acabei de receber acesso a versão demo) e muitos se perguntam o que haverá de novo nele. Com uma reportagem do site gisuser.com, procuramos traduzir abaixo as 10 principais novidades do GMaps 2013:




-Tela cheia - uma melhor utilização do espaço de trabalho, tela cheia, área mais útil, é tudo mapa! Intuitivo;

-Uma melhor rotulagem - com menos foco nesses pequenos pinos, lugares que aparecem nos resultados de busca aparecem no mapa com rótulos e descrições lógicas e outras informações úteis. Novos "cartões" irão fornecer informações mais detalhadas sobre os locais;

-Mais locais - resultados de busca melhor e você vai mesmo ver os resultados no seu mapa porque as pessoas em seus círculos sugerem e avaliam constantemente;

-Mais Comentários - Comentários ficaram melhor com mais foco no gosto dos seus amigos,

-Mais informações de negócios - 40 milhões de geocodes precisos das empresas locais, a base de muitos produtos do Google trará mais conhecimentos locais e mais lugares nos mapas. Locais terão agora uma nova 5 points escala de avaliação para ajudar o usuário local e olhar para a inclusão de mapas de interiores e conteúdo adicionado;

-Imagery, Imagery, Imagery - Imagens de satélite juntamente com uma maior integração 3D. Ao procurar informações sobre um lugar ou cidade um carrossel vai apresentar imagens para ajudá-lo a obter uma experiência mais imersiva em sua busca. EarthView Google traz mais recursos semelhantes;

-Melhor Navegação - direções e rotas serão ainda mais inteligente e há navegação aprimorada chegando também. Cartões de Informações irão fornecer acesso rápido aos sentidos;

-Construído para você - o mapa aprende seus gostos e oferece mais sugestões com base em seus gostos. "Faz total sentido ... Eu amo cerveja artesanal" por isso, se o Google sabe disso faz sentido rotular micro cervejarias perto quando eu estou usando gmaps, segundo o reporter do gisuser;

-Transit - Mais de um milhão de paradas de ônibus/transporte publico estão disponíveis em mapas do Google juntamente com os dados de trânsito e horários - a nova apresentação de horários de ônibus e dados relacionados mostrados I/O conference foi totalmente incrível!

-Google Maps Learns About You - Quanto mais você fizer com mapas (você precisa estar conectado com sua conta do Google, obviamente) mais ele aprende sobre você, seus gostos e seus padrões...

Traduzido com Google Translate, adaptado de http://www.gisuser.com/content/view/29949/222/

10 abril 2012

Exportar dados do ArcGIS para o ArcPAD

Após elaborarmos um mapa ou projeto no ArcGIS, com horas de esforço, gostaríamos que este mesmo mapa ficasse disponível para os usuários de "campo", aqueles que possuam ArcPAD em seus aparelhos móveis. Muitos colegas ainda tem dúvidas de como fazer isto, mas saibam que até no ArcView (Futuro ArcGIS for Desktop Basic) está disponível a ferramenta ARCPAD DATA MANAGER, que possui o botão GET DATA FOR ARCPAD:
Wizard para exportar dados para o ArcPAD. Fonte: ESRI ArcPAD Help
Ao ver esta tela, clique NEXT. Verá então todos os layers disponíveis em seu projeto. Veja que na Coluna ACTION você selecionará os layers que deseja exportar. Se desejar todos, clique no cabeçalho da coluna e selecione Copyout all layers. PS: Se algum layer de seu mapa nao aparecer aí, é por que ele nao possui referência espacial, projete-o antes.
Depois disso, clique NEXT:
Tela de configuração de exportação para ArcPAD. Fonte: ESRI ArcPAD Help 
A Tela acima surge; nela selecione em spatial extent se deseja exportar todo o conteúdo do projeto ou apenas a área visível.Especifique um nome para o projeto, selecione a pasta em que deseja salvar o conteúdo e entre com o nome do arquivo do projeto com a extensão APM que será adicionada.
Clique NEXT e uma tela aparecerá com as opções de criar um aquivo ZIPado ou CAB para instalação mais fácil no Sistema Windows Mobile que roda o ArcPAD.Selecione se for o caso, clique FINISH e pronto. Copie a pasta para seu dispositivo móvel e abra o arquivo APM usando o ArcPAD.

Se tiverem dúvidas em algum ponto deixem um comentário que responderei com o maior prazer !