Mostrando postagens com marcador VANT. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador VANT. Mostrar todas as postagens

02 maio 2017

ANAC estabelece as regras para uso de drones e já está em vigor a partir de 3 de maio 2017

Brasília, 2 de maio de 2017 – A Diretoria Colegiada da ANAC aprovou, nesta terça-feira (02/05/17), o regulamento especial para utilização de aeronaves não tripuladas, popularmente chamadas de drones. A norma (Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial – RBAC –E nº 94) estará publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (03/05).

O objetivo é tornar viáveis as operações desses equipamentos, preservando-se a segurança das pessoas. A instituição das regras também contribuirá para promover o desenvolvimento sustentável e seguro para o setor.

O normativo foi elaborado levando-se em conta o nível de complexidade e de risco envolvido nas operações e nos tipos de equipamentos. Alguns limites estabelecidos no novo regulamento seguem definições de outras autoridades de aviação civil como Federal Aviation Administration (FAA), Civil Aviation Safety Authority (CASA) e European Aviation Safety Agency (EASA), reguladores dos Estados Unidos, Austrália e da União Europeia, respectivamente.

A partir de agora, as operações de aeronaves não tripuladas (de uso recreativo, corporativo, comercial ou experimental) devem seguir as novas regras da ANAC, que são complementares aos normativos de outros órgãos públicos como o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

O regulamento sobre aeronaves não tripuladas foi amplamente discutido com a sociedade, associações e empresas interessadas, bem como com outros órgãos públicos. Foram realizados dois workshops e técnicos da Agência participaram de diversos eventos. A proposta ficou em audiência pública (AP nº 13/2015) por 60 dias, com sessão presencial. Foram recebidas 277 contribuições.
  • Clique aqui e leia todas as regras
  • O sistema Sisant estará disponível para inserção de dados a partir de 10h do dia 03/05/17 para registro dos drones;
O regulamento divide as aeronaves em três categorias:
  • RPA Classe 1: Acima de 150kg
  • RPA Classe 2: De 25kg a 150 kg
  • RPA Classe 3: Abaixo de 25 kg
As exigências previstas no regulamento para cada uma delas:

  • Pelas novas regras, drones com mais de 250 gramas só poderão voar distantes de terceiros (no mínimo 30m horizontais) sob total responsabilidade do piloto operador conforme regras de utilização do espaço aéreo DECEA. O piloto não poderá ser menor de idade.
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da ANAC / G1 Globo

TÓPICOS RELACIONADOS

28 abril 2016

Drone2Map for ArcGIS Beta liberado para testers

Atualizado em 28 Abril 2016:

 https://earlyadopter.esri.com/callout/?callid=5C6464DCD37840068ABC021BF59D03BE



A ESRI acaba de liberar para beta users do Drone2Map for ArcGIS. Usuários beta tem por objetivo testar e dar feedbacks para a ESRI sobre o produto, além de ter acesso ao mesmo antes dos usuários padrão. 

    Fonte: esri.com
  • Acesse aqui a página e para testar o aplicativo.

O Drone2Map é um aguardado software que será integrante da família ArcGIS e que pretende transformar o uso do seu drone gerando produtos cartográficos e de geoprocessamento prontos para uso com apenas alguns clicks.

Veja mais neste vídeo como o produto funciona


05 setembro 2014

Uso de Vant na área florestal

Estudo de Caso : Softmapping: Mensuflor 2014



  • Medição Precisa de Alturas de Árvores
  • Censo Florestal – contagem individual
  • Maior Facilidade no Micro Planejamento

Softmapping, material da apresentação: Talhão virtual no ArcScene

--> Confira o artigo apresentado pela Softmapping no II Encontro Brasileiro de Mensuração Florestal - Clique aqui

--> Vídeo do Talhão Virtual ArcScene

Contatos: marcio@softmapping.com.br

10 julho 2014

1ª Semana de Seminários Online, de 22 a 26 de Setembro.

Fonte: site do evento
MundoGeo promove a 1ª Semana de Seminários Online, de 22 a 26 de Setembro.
Os assuntos começam por Vants, passando por CAR até Laser e RTK. Confira e inscreva-se:
Clique aqui

10 maio 2014

Vôo da US Airlines quase colide com um drone na Flórida, EUA.

Vôo da US Airlines quase colide com um drone na Flórida, EUA.

A febre dos drones está só começando, mas já tem levantado diversas preocupações, incluindo a de segurança no espaço aéreo norte-americano. Recentemente, no Brooklyn, um misterioso drone foi avistado pelos passageiros a poucos metros de um avião da companhia italiana Alitalia. Segundo o site USA Today, o piloto do voo chegou até mesmo a reportar o incidente para as autoridades responsáveis e, agora, o FBI tem investigado a área para tentar encontrar o detentor do “brinquedo”.

A proliferação sem regulação dos veículos aéreos não tripulados, conhecidos como drones, pode ter consequências graves. Em março deste ano, um avião de passageiros da US Air, empresa pertencente a American Airlines, quase se chocou com um “pequeno avião controlado remotamente” quando se aproximava do aeroporto regional de Tallahassee, na Flórida.

- O piloto disse ter pensado que o drone estava tão próximo que ele tinha certeza que a colisão havia ocorrido – disse Jim Williams, diretor da Administração Federal de Aviação (FAA), em uma conferência realizada em São Francisco. - O risco de pequenos drones serem sugados pelas turbinas de um jato de passageiros é real.

A American Airlines afirma que a segurança é prioridade na companhia e que o incidente está sendo investigado. Inspeções na aeronave não encontraram danos.

OPINIÃO: Será que precisaremos que uma tragédia aconteça para que as autoridades passem a controlar o uso destas aeronaves cada vez mais comuns....???

Confira reportagens nos links:
-http://www.cnn.com/video/data/2.0/video/us/2014/05/09/tsr-dnt-marsh-drone-plane-near-collision.cnn.html

12 setembro 2012

VANT - MundoGeo realiza seminário dia 25 Out.

Para  quem não irá no EUESRI 2012, a  MundoGeo realiza dia 25 de outubro seminário online e presencial sobre VANT (Veículos aéreos não tripulados), explicando utilização, equipamentos e regulamentação.

O seminário ocorre em São Paulo, no Bourbon Convention Ibirapuera, no bairro de Moema.

Inscreva-se no site especial do evento, clique aqui

23 agosto 2012

China testa sensor RFID para detectar incêndios florestais

Na floresta chinesa de Qingyuan, ao sul da província de Guangdong, um sistema baseado em sensores sem fio ZigBee, instalados em postes e em árvores, pode detectar mudanças ambientais no ar e alertar os funcionários do parque em caso de incêndio. A solução é um piloto para previsão de riscos ambientais do sistema chamado Early Stage Wildfire Detection and Prediction Wireless Sensor Network, fornecido pela Insight Robotics Ltd., uma recém-criada empresa de Hong Kong, fundada por pesquisadores da Universidade de Hong Kong. 

Cada tag RFID sem fio transmite dados de sensores a cada cinco minutos, juntamente com o seu próprio identificador exclusivo, para o próximo nó adjacente, e, finalmente, de volta para o servidor com o software da Insight Robotics. Se um tag é destruído pelo fogo, as outras tags passar a transmitir em torno desse nó perdido. Cada etiqueta é alimentada por uma bateria carregada por um painel solar montado em cada nó. Sensores embutidos de temperatura, gases, umidade e infravermelho realizam medidas regularmente. Os dados de umidade, armazenados pelo software Insight Robotics, podem ser usados para analisar o risco de incêndio. 

Para testar o sistema, a equipe de silvicultura ateou fogo em um balde grande, localizado perto de um dos nós de cobertura de rede mesh, dentro da floresta. A tag emitiu um alerta de incêndio para o Centro de Controle de Incêndios de Qingyuan em três minutos, permitindo ao operador identificar a localização do fogo e liberar um veículo aéreo não tripulado para o local. O veículo aéreo tirou fotos infravermelhas e enviou para o servidor em tempo real, a fim de auxiliar o operador na decisão sobre a próxima ação. 

[ + ] Leia mais em Português

(Agradecimento especial ao Dr. Honório Kanegae da IMA Florestal pela indicação de reportagem)

14 março 2012

SenseFly - VANT barato, rápido e fácil de usar


Fonte:www.securitygeneration.com
Caros leitos, nossa amiga Gabriela Tombezi acaba de enviar uma dica de um VANT que aparentemente tem feito sucesso.
Trata-se do SenseFly, um sistema pronto para usar em que você pode obter fotos aéreas rapidamente onde quizer. Você o monta e inicia seu vôo em menos de 5 minutos.

O sistema conta com um drone com 80cm de comprimento de asa, automatizado cujo plano de vôo é seguido no computador em tempo real, permitindo mesmo alterações de rota com o avião no ar. O sistema utiliza energia de bateria recarregável com autonomia para 30 minutos de vôo, pesa menos de meio quilo, tem decolagem e pouso automáticos, câmera de 12 MP e o pacote ainda inclui software de processamento de imagens.

Confira mais no site: http://www.sensefly.com/products/swinglet-cam

Se seu inglês for bom, veja o vídeo de sua operação no YouTube clicando aqui

Segundo o site da empresa, no Brasil, a Santiago&Cintra representa e revende o equipamento.

Segundo informações de fóruns na internet, o custo do equipamento completo gira em torno de 10 mil dólares.

TÓPICOS RELACIONADOS: