Mostrando postagens com marcador dados. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dados. Mostrar todas as postagens

06 julho 2017

ESRI adicionará modelo de elevação mais detalhado existente ao ArcGIS online.

A ESRI adicionará ao ArcGIS online a base WorldDEM4Ortho da AirBUS. Atualmente esta é a base altimétria obtida via satélite mais detalhada que existe !

Estes dados de elevação detalhados se juntarão aos mais de 5.000 mapas e camadas disponíveis para mais de 4 milhões de usuários ArcGIS em todo o mundo. 
Através de múltiplas camadas de elevação que são publicadas pela Esri, esses dados não só estarão disponíveis para aplicativos de usuários finais, mas também para desenvolvedores que desejam criar aplicativos específicos que sejam alimentados com informações de elevação. 
O WorldDEM4Ortho baseia-se no conjunto de dados WorldDEM global da Airbus e possui uma precisão vertical de 4 metros em um raster de 24 metros por 24 metros. Abrangendo toda a superfície terrestre, este modelo de elevação é o mais homogêneo e preciso para os dados de ortorretificação em escala global
Os dados da Airbus serão incluídos nas camadas de elevação existentes de Esri, que selecionam automaticamente a melhor fonte de dados com base em escala do conjuntos de dados, como o Multi-Resolution Global Elevation Data 2010 (GMTED2010), a Carta geral de Batimetria oceânica (GEBCO), o SRTM, o banco de dados extragaláctico da NASA / IPAC (NED) e dados LiDar da comunidade em geral.

Os usuários podem aplicar essas camadas de forma ampla, inclusive para análises de elevação, como estudos de inclinação, aspect e visibilidade. Os dados também serão utilizados amplamente na melhoria das tabelas base cartográficas como sombreamento multidirecional, bem como para avançar as visualizações em 3D dentro do ArcGIS Pro e no ArcGIS Scene Viewer.

Fonte-Traduzido e adaptado do jornal ArcNews

TÓPICOS RELACIONADOS


18 maio 2017

Você precisa conhecer o portal Land Viewer da EOS

Se você não conhece, você precisa conhecer o portal Land Viewer da EOS (Earth Observing System)
Portal LV da EOS - Clique para Ampliar
O Portal Land Viewer - https://lv.eosda.com -  permite ter acesso a dados dos satélites Landsat-7, Landsat-8, Modis e o Sentinel-2 em uma interface super amigável e rápida.

Você filtra no próprio portal o intervalo de datas para pesquisar cenas, a cobertura de núvem e ângulo solar.
Além disso tudo, o mais impressionante é a composição de bandas em tempo real, ou seja, basta clicar no ícone Band Combination e selecionar a composição que mais lhe interessa. Abaixo dela é mostrada quais cenas são usadas para compor e você poderá no próprio site baixar as cenas e compor as bandas no seu próprio software GIS.

Você pode também ajustar brilho e contraste no próprio site em tempo de navegação apenas clicando no menu Contrast Stretching e ajustando os parâmetros.
Clicando em Custon você pode criar a sua combinação de bandas no próprio site em tempo real !!

Tudo é disponível online e você pode carregar um kml ou GeoJson com seus limites no próprio site, mas se você quiser baixas as cenas, você precisa apenas criar um cadastro usando seus dados do Google ou Facebook. Rapidamente você terá acesso gratuito a um dos melhores sistemas de disponibilização de dados de satélite já vistos.

Acesse já esta super ferramenta, coloque em seus favoritos e compartilhe este post para chegar a mais pessoas.
Com a colaboração de Edgar Rossato
TÓPICOS RELACIONADOS

30 março 2016

Dados do satélite Sentinel-2 já estão disponíveis para Download no E.Explorer.

Dados do satélite Sentinel-2 já estão disponíveis para Download no EarthExplorer, o portal da USGS para download de dados de vários satélites e missões já realizadas. O Land Viewer também disponibiliza
Composição de bandas do Sentinel-2. Engesat
Fonte: Wikipedia.org
    
Uma parceria estabelecida entre a Agência Espacial Europeia (ESA) e da United States Geological Survey (USGS) permite o armazenamento pela USGS e redistribuição dos dados adquiridos pelo instrumento multiespectral (MSI) no satélite Sentinel-2A da União Europeia que foi lançado em Junho de 2015. A câmara MSI recolhe imagens sobre superfícies de terra, grandes ilhas e massas dáguas interiores e costeiras, com potencial de revisita a cada dez dias. 
O sensor MSI adquire 13 bandas espectrais que são altamente complementares aos dados adquiridos pelo USGS Landsat 8 -OLI e Landsat 7 Enhanced Thematic Mapper Plus (ETM +).
     
O esforço de colaboração entre a ESA e a USGS prevê o acesso do público e redistribuição de aquisições globais de dados Sentinel-2A sem nenhum custo, permitindo aos usuários baixarem imagens MSI a partir de sistemas como o USGS EarthExplorer, além da ESA sentinel Scientific Data Hub.

O Portal Earth Explorer da USGS é o portal mundial que mais disponibiliza dados em um único lugar. São diversas bases de dados que é possível obter neste portal, incluindo ASTER, todos os Landsats, SRTM, Radar, Modis, e muito mais. Confira

O portal Land Viewer da EOS é o melhor lugar para baixar dados Sentinel-2

Acesso:

11 março 2016

Adicionar dados do Excel/Texto no QGIS e criar um shp de pontos !

Este breve tutorial vai mostrar como importar dados de uma planilha Excel ou de uma lista de coordenadas em texto ou csv para o QGIS e converter estes dados em um shapefile de pontos.

Primeiro, monte sua planilha com as coordenadas. O importante é que as coordenadas precisam estar em formato graus decimais. Como saber? Veja o formato e compare:

  • 52°39'17.838"W  29°9'4.057"S  ---- GMS (Graus Minutos Segundos)
  • (22J) 339030 6774137                ---- UTM
  • -52.654955,  -29.151127            ---- Graus decimais !!! Você está com sorte !


Não deu sorte, não tem problema  - Veja como converter suas coordenadas clicando aqui ou baixe o Orbis, o conversor de coordenadas da ForestGIS


  • Seus dados devem se parecer com a tabela ao lado:

  • Abra o QGIS, vá para no menu Layer>Add Layer> Add Delimited Text Layer
  • Em file name, aponte para seu arquivo xls, csv, dat ou txt
  • Em File Format, escolha o formato em que seus dados aparecem corretamente no grid no final da janela.
  • Pronto, clique OK e seus pontos devem aparecer. 
  • Para finalizar, clique com o direito sobre o layer, save as (salvar como) e salve o shp no local que desejar !

07 março 2016

Garmin compra empresa de mapas base e comunicações por satélite DeLorme

03/Março2016

Garmin compra empresa de mapas base e comunicações por satélite DeLorme


Fonte: http://www.delorme.com/
A Garmin assinou um acordo para a aquisição da DeLorme, uma empresa veterana na indústria de comunicações por satélite e mapeamento com várias décadas de experiência no mercado.


Os dados financeiros não foram divulgados, mas a gigante norte-americana pretende que a aquisição esteja finalizada dentro de 30 a 60 dias. A DeLorme irá continuar a funcionar nas suas localizações, mantendo a sede em Yarmouth, Maine (EUA), que passará a funcionar principalmente como centro de pesquisa e desenvolvimento. Esta é uma empresa que este ano completa 40 anos de operação, tendo como core o desenvolvimento de equipamentos de localização por satélite com duas vias de comunicação e capacidades de navegação, além de gazetteer (mapas rodoviários impressos), o XMAP (Um poredoso aplicativo para navegação profissional) e outros produtos orientados para o mercado de consumo.

Mais informações: Clique aqui

27 maio 2015

Conheça o WorldClim - dados para projetos e modelagens !

Worldclim é um conjunto gratuíto de camadas climáticas globais (grids de clima) com uma resolução espacial de aproximadamente 1 quilômetro quadrado criado e mantido por pesquisadores da Universidade de Berkeley na Califórnia.
Os dados podem ser utilizados para mapeamento e modelagem espacial num SIG/GIS ou com outros programas de computador.




  • Acesse o mapa de download onde voce pode baixar dados apenas da sua área de interesse:


28 abril 2015

O Sistema Geodatabase do IPEF

Fonte: IPEF acessado em ipef.br/geodatabase
IPEF (Institudo de Pesquisas e Estudos Florestais) possui uma página com mapas temáticos referentes ao clima, à geologia, ao relevo e às informações político-administrativas do Brasil e Uruguay num projeto chamado Sistema geodatabase.

O Sistema Geodatabase do IPEF foi estabelecido para proporcionar acesso a informações edafo-bio-climáticas espacializadas (mapas) as quais são cada vez mais necessárias para as atividades de pesquisa e planejamento florestal.



16 abril 2014

The Wood Database - Uma ótima base de dados sobre madeiras

Source: /www.wood-database.com
Para os florestais de plantão, uma ótima dica é a base de dados The Wood Database.
Criado por Eric Meier, esta base de dados está crescrendo muito e apresenta números técnicos sobre a madeira e descrição das características, usos, densidade, etc, de diversas espécies ao redor do mundo e também conta com contribução de pessoas do mundo todo.

Confira o projeto e veja por exemplo dados da maderia do E. urograndis: Clique aqui




16 março 2014

Collector for ArcGIS v10.2.2 com edição offline liberado !

A ESRI começou a implantação gradual do Collector for ArcGIS v10.2.2! Usuários de Android vão começar a ver as atualizações disponíveis ao longo dos próximos dias e na próxima semana ele estará disponível para todos os usuários do iOS e plataformas Android. 

Esta versão introduz suporte para download de mapas para smartphones e tablets, de modo que você pode coletar e atualizar as features GIS no campo, onde não há conexão de dados e, em seguida, sincronizar as alterações quando conectado. 

Você vai precisar atualizar seus mapas para disponibilizá-los para download. Mapas com serviços editáveis, ​​recurso habilitado para sincronização e basemaps Esri só precisa ser aberto e salvo. Observe que há uma nova opção "Modo off-line" nos detalhes do item para o seu mapa web. Se não for ativada, o mapa não estará disponível para download. Para todos os detalhes, confira o nosso blog da ESRI no link abaixo:


Fonte: http://blogs.esri.com/

[ATUALIZAÇÃO] Algumas pessoas reportaram estar com problemas ao logar no App, sendo que quando entra com a conta Esri gratuita ele diz "Please use an organizational account". Parece que o App só funciona com conta paga do ArcGIS Online, ou seja, mais uma vez a Esri nos deixa na mão e aqueles que esperavam algo como ArcPAD estão frustados !!

10 julho 2013

Edição e navegação desconectada - Explorer for ArcGIS

Finalmente a ESRI anunciou algo sobre a edição e uso desconectado de mapas em aplicativos móveis (como velho e bom ArcPAD).
Uma requisição antiga dos usuários parece que será atendida com o Explorer for ArcGIS, um aplicativo em construção que será móvel multi-plataforma e permitirá o uso de mapas em locais sem conexão de dados. Confira o vídeo abaixo, especialmente nos últimos minutos:


#EsriUC 2013

07 junho 2013

FlightRadar24.com - Um belo exemplo de integração de dados GIS/Radar

Você conhece o  site www.flightradar24.com  ?? Uma dica do nosso colega Igor Ribeiro

O site mostra o tráfico aéreo mundial captado via radar (onde há cobertura) ao vivo ou com 5 minutos de delay sob vários basemaps disponíveis. Clicando no ícone da aeronave é possível ter uma série de informações sobre o vôo. Ainda é possível ver a rota, ver o histórico da rota e navegar sobre ela no passado, ver o movimento da aeronave em tempo real, e muito mais.

Sem dúvida um dos melhores trabalhos de integração Radar/GIS que já ví até hoje, vale a pena conferir, você vai ficar horas sobre o mesmo pois é muito interessante! Explore as opções de filtro, clique em settings e altere as opções, mostre labels com informações do vôo, etc...
Fonte: flightradar24.com
Ao clicar na aeronave, experimente clicar no ícone CockPit View...impressione-se com a integração entre o modo vôo do Google Earth com os dados em tempo real da aeronave!! um Show !

Há ainda um aplicativo que permite acompanhar tudo isso no seu smarthphone e tablet, confira, clique aqui para Android, aqui para iOS e aqui para Windows Phone.

01 outubro 2012

Converter dados do OSM para Shapefile

Você sabia? 

Você pode converter os dados do Open Street Maps para shapefile e aproveitar todo o conhecimento da comunidade local para agregar muita informação nos seus mapas, que nem mesmo Google Maps e Bing possuem.



Alguns sites provém este serviço gratuitamente, por exemplo o :


  • http://www.osm974.re/osm2gis/ - Basta selecionar a área de interesse com a ferramenta do canto superior direito, clicar no "v" verde e entrar com seu email que os dados em shapefile serão enviados para você, não é simples!



Pronto, agora que você sabe como obter os dados do OSM, colabore entrando com os dados que você conhece nos mapas da OSM, deixando seu conhecimento disponível a toda comunidade.


22 fevereiro 2012

Spot Connect: Sem sinal de celular? Seus problemas acabaram!

Fonte: Site http://www.findspot.co.nz 

Esta tecnologia pode interessar aos mais conectados ou àqueles que necessitam serviços de envio de dados a partir de locais onde sinal de celular é inexistente, como acontece com frequencia na área florestal, onde dados necessitam ser enviados de fazendas ou plantios remotos.
Veja abaixo uma adaptação do texto do site da SPOT Nz sobre a tecnologia:


Os Smartphones de hoje fornecem um nível de conexão social muito além do que imaginávamos há poucos anos atrás. Mas quando você vai além do alcance da rede, o smartphone fica praticamente obsoleto por não haver comunicação com o mundo. Foi pensando nisso que a empresa Neo-Zelandesa SPOT lançou o SPOT Connect. Basta ativar e conectar um pequeno aparelho ao bluetooth de seu smart para mantê-lo em contato com amigos, familiares ou serviços de emergência. 
Basta baixar o aplicativo SPOT para iOS ou o aplicativo Android SPOT e contratar um plano de serviços da SPOT NZ para se conectar a uma rede global de satélites. Isto lhe permite enviar mensagens e coordenadas GPS a partir de praticamente qualquer lugar do planeta. 


Fonte: Site http://www.findspot.co.nz

Atualizar o Twitter e Facebook. Enviar e-mail e mensagens de texto. Pedido de ajuda emergencial e não-emergêncial, dentre outras. E no caso de uma emergência crítica, envie uma mensagem de SOS solicitando ajuda de emergência.


Para ativar seu SPOT Connect, um plano de serviço básico devem ser adquiridos. SPOT oferece um plano de serviço básico para uma taxa anual de US$ 115. Mais serviços adicionais estão disponíveis.

Entre no site http://www.findspot.co.nz/spot_connect.html e saiba mais