Mostrando postagens com marcador georeferenciamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador georeferenciamento. Mostrar todas as postagens

15 março 2017

Conectar Base de Dados do INCRA ao ArcGIS e QGIS (Atualizado 2017)

Atualmente os serviços web de mapas conhecidos como WMS permitem a publicação e disponibilização de grandes bancos de dados espaciais na internet e a ligação destes com aplicativos desktop como ArcGIS e QGIS. O INCRA disponibiliza todas as propriedades georreferenciadas atualizadas diariamente na sua base de dados. 
Recentemente o INCRA atualizou os links wms para seus bancos de dados, dividindo-os por estado. Abaixo os novos endereços e como conectar via software ou na web.

Links WMS para cada tipo de camada:

IMPORTANTÍSSIMO: Nos links abaixo, substitua o xx do final do link pela abreviação do seu estado de interesse. Para Rio Grande do Sul por exemplo, substitua o xx por rs
  • Imoveis Certificados - SNCI - Lei 10267/2001 - Privado
WMS:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc.php?tema=imoveiscertificados_privado_xx
DOWNLOAD SHAPEFILE:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc/index.php?temaDownload=imoveiscertificados_privado_xx

  • Imoveis Certificados - SNCI - Lei 10267/2001 - Publico
WMS:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc.php?tema=imoveiscertificados_publico_xx
DOWNLOAD SHAPEFILE:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc/index.php?temaDownload=imoveiscertificados_publico_xx
  • Imoveis Certificados Sigef -Particular
WMS:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc.php?tema=certificada_sigef_particular_xx
DOWNLOAD SHAPEFILE:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc/index.php#?temaDownload=certificada_sigef_particular_xx
  • Imoveis Certificados Sigef-Publico
WMS:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc.php?tema=certificada_sigef_publico_xx
DOWNLOAD SHAPEFILE:
http://acervofundiario.incra.gov.br/i3geo/ogc/index.php#?temaDownload=certificada_sigef_publico_xx



➽ Explore a tabela de atributos: Clique aqui (substitua o rs no final do link pelo seu estado)
➽ Dados i3Geo em kml - Clique aqui
            ➽ Nova interface de dados Incra


11 março 2016

PÓS-GRADUAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO SEMIPRESENCIAL


A Universidade Tuiuti do Paraná está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação - especialização -em georreferenciamento. O curso via habilitar o profissional da área a exercer sua atividade de acordo com as normas de georreferenciamento vigentes no Brasil.

Data de início previsto: 06/05/2016

INSCRIÇÕES ABERTAS

INVESTIMENTO

Inscrição R$ 60,00

19 parcelas de R$ 500,00

DURAÇÃO

18 Meses

AULAS

Aulas quinzenais: sexta-feira das 18h às 22h e sábado das 8h às 12 e 13h às 18h

LOCAL

Rua Arlete Vieira Richa, 952 - UNICENTRO – Irati - PR

COORDENAÇÃO

Josmael Araujo Bonatto

FONE

(41) 3257-1347

E-MAIL

ja.bonatto@uol.com.br


09 novembro 2015

Site do SIGEF mostra dados completos das propriedades georeferenciadas

O Site do SIGEF permite consultar todas as parcelas cadastradas no sistema até hoje. 


Entre com qualquer um dos campos abaixo para consultar. Você consegue consultar pelo nome do proprietário, CNPJ de uma empresa rural, matricula e cartório, código INCRA, código do geomensor, vértices, etc.
Após consultar, uma listagem de cadastros correspondentes a pesquisa aparece. Clique no nome e a página que abrirá dará acesso completo a maioria dos dados das fazendas, incluso memorial descritivo, planta, webmap, vértices, nome dos responsáveis pelo geo e propriedade e muito mais. Ainda dá para baixar pontos e perimetros em arquivo kml, csv e shp 

Estamos finalmente caminhando para a acessibilidade total da informação das propriedades do Brasil. Se isto é bom ou ruim é outra questão a ser discutida. Comente abaixo ou no nosso Facebook.

PS: Lembrando que para os processos de GEO anteriores ao SIGEF, menos informações estão disponíveis, mas é possível comsultar no portal do i3geo, clicando aqui

TÓPICOS RELACIONADOS:

04 novembro 2015

SIGEF: Estatísticas

O Sistema de Gestão Fundiária (SIGEF) é uma ferramenta eletrônica desenvolvida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para subsidiar a governança fundiária do território nacional.

O site do SIGEF, desenvolvido com moderna tecnologia, agora apresenta estatísticas em tempo real referente ao processo de georeferenciamento nacional.


Sempre lembrando que os shapefiles podem ser consultados e baixados do i3Geo: Clique aqui

Confira dados em tempo real:  https://sigef.incra.gov.br/consultar/estatisticas/

Dica do nosso colega Edgar Rossato.

04 fevereiro 2015

Georreferenciamento de Imóveis Rurais na Amazônia Brasileira

O Governo Federal, através do Programa Terra Legal, vem executando desde o ano de 2009 o georreferenciamento dos imóveis rurais localizados nos 9 estados brasileiros da Amazônia Legal para atender a Lei 11952 que dispõe sobre a regularização fundiária de ocupações em terras públicas da União. 
O programa, iniciado em 2009, tem validade até junho de 2017. A Amazônia Legal tem 506 milhões de hectares, dos quais 113 milhões são terras públicas federais arrecadadas pelo Incra. Desses 113 milhões, 58 milhões de hectares foram destinados e aproximadamente 55 milhões (49%) não possuíam destinação regularizada quando da edição da Lei 11.952/2009. Estas terras não destinadas abrigam cerca de 160 mil ocupações rurais particulares, núcleos urbanos e áreas de interesse público.
Para alcançar estes resultados ambiciosos, o Governo Federal investiu até o momento cerca de 428 milhões de reais. O georreferenciamento de glebas públicas federais e ocupações é necessário para a delimitação precisa, conforme as normas técnicas estabelecidas, dos limites das terras públicas e das parcelas já existentes. Envolve, ainda, a recuperação de documentos antigos e a regularização em cartório de registro de imóveis. Após cinco anos de atuação, o programa georreferenciou 51 milhões dos 113 milhões de hectares das glebas públicas federais na Amazônia Legal e mediu também outros 9,9 milhões de hectares de ocupações individuais e núcleos urbanos, a serem regularizados em nome de particulares ou transferidos para as Prefeituras Municipais.
O georreferenciamento das terras públicas federais é condição para regularização fundiária e representa ganho considerável para o assenhoramento da malha fundiária brasileira. A grande demanda de medição levou à readequação do setor privado de prestação de serviços de georreferenciamento, que tinha maior parte da capacidade técnica instalada em outras regiões. A licitação dos serviços por pregão eletrônico, a recepção eletrônica e a crítica automática de peças técnicas de georreferenciamento foram inovações que mudaram definitivamente os trabalhos de geomensura do país.
E o produto deste ambicioso e importante trabalho está disponível publicamente no sistema do Acervo Fundiário do INCRA, na plataforma i3geo, no link http://acervofundiario.incra.gov.br/

Fonte: Relatório Executivo SERFAL-MDA - by Igor Oliveira Ribeiro

14 abril 2014

Consultar ao Acervo Fundiário do INCRA e baixá-lo em Shapefile (Atualizado 2017) ?

Consulte o portal Acervo Fundiário do INCRA e veja no I3Geo todas as propriedades certificadas no Brasil atualizadas em tempo real, inclusive com a possibilidade de baixar o shapefile (veja abaixo como).  Clique aqui para acessar o portal (Aviso: geralmente é lento e frequentemente em manutenção)

Para baixar as camadas de georeferenciamento (privado, público, sigef e norma antiga) em formato shapefile, entre nesta nova interface de download de dados atualizada pelo INCRA em 2017.


Nova interface de dados 2017 do I3Geo 6.0.1 / INCRA

PS: Após download, não esqueça de projetar os dados com o Define Projection do ArcGIS (ou análogo no QGIS) para o Datum Sirgas 2000. Clique e veja como

RECOMENDAMOS NÃO BAIXAR O SHAPEFILE MAS SIM ACESSÁ-LO VIA WMS POIS TERÁ SEMPRE ACESSO A BASE MAIS ATUALIZADA - VEJA COMO FAZER; CLIQUE AQUI.
(Aviso: Frequentemente o WMS está offline / em manutenção, além de ser bastante lento)
Dúvidas postem abaixo que responderemos !

TÓPICOS RELACIONADOS

31 janeiro 2014

SIGEF resulta em recorde de certificações de imóveis rurais

Fonte: Sigef, incra
Pouco mais de dois meses após a entrada em vigor do Sistema de Gestão Fundiária (Sigef), o número de certificações de imóveis rurais realizadas pelo Incra bate recordes. Por meio da nova ferramenta, disponibilizada em 25 de novembro do ano passado, já foi possível certificar 6,2 mil imóveis, equivalente a mais de 5,9 milhões de hectares (dados do início da tarde de 29/01).

Com isso, a média diária de documentos emitidos foi quase duplicada, saltando de 85 imóveis certificados para 165 ao dia após a entrada do sistema no ar. Apenas nesta terça-feira (28), foi alcançada a marca histórica de 330 parcelas certificadas. 

Em número de imóveis, o resultado alcançado neste intervalo representa 24,5% do total de certificações realizadas em todo o ano de 2013, quando 25.424 propriedades tiveram a garantia de não se sobreporem a outras áreas e de que o georreferenciamento atendeu as especificações técnicas legais, requisitos necessários para o registro dos imóveis nos casos de compra, venda, desmembramento ou partilha. Já as emissões no período significam, em área, cerca de 20% do total do ano passado, quando 29,3 milhões de hectares foram certificados.

A evolução do processo de certificação de imóveis rurais realizado pela autarquia por meio do Sigef pode ser acompanhada online (clique aqui). 

-Consulte o portal Acervo Fundiário do INCRA e veja no I3Geo todas as propriedades certificadas, com a possibilidade de baixar o shapefile, clique aqui

19 dezembro 2013

Montagem de processos para Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais.

Novo curso prático e teórico:

Montagem de processos para Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais. 

Dias 10 e 11 Fev. 2014- Ibis São Paulo Congonhas - Hotel
Rua Baronesa de Bela Vista, 801,
Vila Congonhas, São Paulo (SP)


Confira mais detalhes:
 http://mundogeo.com/cursos/geocertifica201402/index.html

10 dezembro 2013

Georeferenciamento INCRA: 2004-2013

Georeferenciamento INCRA 2004-2013
Esforços envolvendo o INCRA e a parceria com o Exército agilizaram a emissão de certificação do processo de Georeferenciamento em 2013. Vemos claramente a tendência exponencial de aumento no número de propriedades certificadas no gráfico abaixo, contabilizando desde 2004 quando as primeiras propriedades foram certificadas.

Com a implantação do SIGEF em novembro de 2013, podemos afirmar que este gráfico estará ainda mais enfático no próximo ano.
Finalmente o INCRA parece que caminha para o fim da morosidade que o processo era no início. Esperamos que com a nova norma, também seja mantido o nível de qualidade que os primeiros exigiam. Estamos vendo um número maior de sobreposições e questionamentos dos georeferenciamentos prontos, visto que agora mais propriedades vizinhas estão entrando no processo. Isto poderá ser um entrave para uma real agilização do processo, uma vez que questionamentos na justiça do Brasil podem demorar anos.
A perspectiva é boa e com a agilidade trazida pelo SIGEF, a comunidade GIS está otimista !

Veja mais:
-WMS/shapefile do geo do Brasil todo
-i3Geo Incra
-Manual completo do SIGEF 

Comente abaixo e expresse sua opinião sobre o assunto

05 novembro 2013

Georeferenciando uma carta topográfica no ArcGIS (Vídeo)

Caros,
Já que estamos no assunto de como utilizar o ArcGIS para georreferenciar imagens do Google Earth, Satélite, etc, quero disponibilizar um vídeo criado pelo colega Edgar com instruções de como georreferenciar uma carta topográfica.
A abordagem do Edgar é um pouco diferente do vídeo do post anterior pois ele já entra em cada ponto com as coordenadas reais para ajustar e não somente no final como faz o anterior.
Confiram e vejam mais uma forma de georeferenciar. Este é totalmente em Português, o que pode facilitar o entendimento  para muitos.
Quaisquer dúvidas entre em contato com o próprio edgar via edgar.rossato@gmail.com ou deixe seu comentário/perguntas nos comentários abaixo.




#DicasArcGIS

07 fevereiro 2013

INCRA vai automatizar análise dos processos de georeferenciamento

Fonte: Incra

A partir do final deste mês de fevereiro, o procedimento de certificação de imóveis rurais vai mudar. A certificação passará a ser realizada de forma automatizada, por meio do Sistema de Gestão Fundiária (Sigef). O Sigef é uma ferramenta eletrônica criada para enviar, recepcionar, validar, organizar e disponibilizar dados georreferenciados de imóveis rurais. O novo sistema é capaz de analisar sobreposição com o cadastro georreferenciado do Incra e gerar planta e memorial descritivo de forma automática.

O Incra enviou aos técnicos credenciados um informativo que alerta sobre as mudanças e destaca a necessidade de manterem seus dados atualizados junto à autarquia. Isso deverá ser feito por meio do portal do Instituto na internet, no banner Certificação de Imóveis Rurais.

Clique para ver o informativo

INCRA bate record de certificações em 2012:

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) registrou, em 2012, o maior número de certificações de imóveis rurais dos últimos oito anos. De um total de 42.767 propriedades certificadas desde 2004, quase 23% (9.636 imóveis) passaram a essa condição em 2012.


05 dezembro 2012

Incra flexibiliza regras para certificação dos imóveis rurais


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) atendeu a um pedido da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e simplificou as regras para certificação de imóveis rurais. Esse processo será feito por meio da simples conferência do código do imóvel e da análise da poligonal e memorial descritivo da propriedade, como determina a Norma de Execução INCRA 105 (Clique aqui para ler a norma 105).
“Até agora, a análise era feita de forma detalhada, sem que o INCRA contasse com um número adequado de técnicos para avaliar os pedidos, situação que comprometia o andamento dos processos, trazendo insegurança jurídica para o campo”, afirmou a presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, que diagnosticou e apresentou o problema ao INCRA.
Com a mudança, o objetivo do INCRA é atender aos cerca de 29 mil processos que estão pendentes de análise ou em processo de análise. De acordo com a senadora Kátia Abreu, desse total, 19 mil processos nem começaram a ser analisados em função, basicamente, da falta de pessoal especializado para realizar o trabalho. “Até agora o processo era muito burocrático”, afirmou. A previsão da Diretoria de Ordenamento da Estrutura Fundiária do INCRA é que todos esses processos sejam apreciados e finalizados num prazo de quatro meses.
Para a CNA, a partir de agora, será possível acelerar os processos de certificação, pois caberá ao servidor apenas verificar se o código do imóvel informado no memorial descritivo está cadastrado no INCRA. Essa é a análise do cadastro. Já a partir da apreciação cartográfica será verificado se a poligonal do imóvel não se sobrepõe a nenhuma outra do cadastro georreferenciado do INCRA. Também será avaliado se o memorial descritivo atende às exigências técnicas. Conforme a nova norma do INCRA, proprietários e credenciados serão responsáveis por todas as informações prestadas, inclusive por inconsistências que vierem a ser detectadas na poligonal certificada.

Fonte: Painel Florestal/Assessoria

30 outubro 2012

Georeferenciamento de Imóveis Rurais, atualize-se

Você provavelmente saiba sobre o que é e do que se trata o Processo de Certificação de Imóveis Rurais, porém gostaríamos aqui de passar alguns links importantes, dicas, prazos para o mesmo e outras informações pertinentes para aqueles que estão iniciando e querem saber mais:

A Certificação do Imóvel Rural foi criada pela Lei 10.267/01. O processo é feito exclusivamente pelo Incra. Este documento é exigido para toda alteração de área ou de seu(s) titular(es) em Cartório (de acordo com os prazos estabelecidos no Dec. 5.570/05). Corresponde à elaboração de uma planta georreferenciada deste imóvel.

O INCRA lançou uma norma (revisada em 2ª edição) que estabelece as diretrizes e procedimentos referentes a Certificação de Imóveis Rurais no INCRA disposto no Decreto 4.449, de 30 de outubro de 2002, alterado pelo Decreto 5.570, de 31 de outubro de 2005. Para ver a norma atualizada, clique aqui


  • Você sabia que pode acompanhar o status do seu processo clicando aqui?

  • Você sabia que pode consultar a lista de profissionais geomensores credenciados a georreferenciar clicando aqui?

  • Consulte a lista de imóveis já certificados, por estado, municipio, região, código, processo, etc, clicando aqui.

O Decreto 7620/2011 alterou os prazos para georeferenciar propriedades rurais de acordo com seu tamanho, sendo que a data limite agora vigente é:
Área
Prazo
Mais de 500 hectares
Vencido
De 250 a 500 hectares
20/11/2013
De 100 a 250 hectares
20/11/2016
De 25 a 100 hectares
20/11/2019
Até 25 hectares
20/11/2023
Fonte: http://geotecgis.blogspot.com.br

Veja mais:

24 novembro 2011

Prorrogado prazo de georreferenciamento para imóveis rurais com menos de 500 hectares

Os proprietários de imóveis rurais com menos de 500 hectares que precisam realizar qualquer situação de transferência da propriedade só serão obrigados a fazer o georreferenciamento do imóvel e a certificação no Incra a partir de novembro de 2013. O prazo, que conforme previsão legal venceria no último dia 20, foi prorrogado com a entrada em vigor do Decreto nº 7.620, publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira (22).


Foram incluídos no decreto prazos diferenciados de realização do serviço conforme o tamanho das propriedades. Para aquelas entre 250 e 500 hectares, a contagem é de dez anos, a partir de novembro de 2003, segundo consta em outro decreto, de nº 5.570/2005. No caso dos imóveis com área entre 100 e 250 hectares, o prazo é de 13 anos. Para as propriedades entre 25 e 100 hectares, a contagem é de 16 anos, e os imóveis com área inferior a 25 hectares, 20 anos.


Com isso, o Incra terá tempo hábil para concluir a modernização da forma de atendimento dessas demandas. 
Fonte: Site INCRA